Porque investir em Facebook Ads?

Porque investir em Facebook Ads?

Mais do que nunca, as redes sociais e em especial o Facebook são parte integrante da nossa vida e do nosso quotidiano, sobretudo desde a massificação dos smartphones, que nos permitem estar sempre ligados. Em Portugal, existem quase 5 milhões de utilizadores ativos no Facebook, o que é o número impressionante se tivermos em conta a dimensão populacional do país. No total, esta rede social já ultrapassou os 1000 milhões de contas ativas, número que nenhuma outra rede ou canal alguma vez conseguiu (ou conseguirá) juntar.

 (...) esta rede social já ultrapassou os 1000 milhões de contas ativas (...) 'toda a gente está no Facebook' e é por isto mesmo que esta rede tem um valor enorme a ser explorado pelas empresas, que se o souberem fazer podem levar os seus negócios a um grande crescimento.

Pode assim quase dizer-se que 'toda a gente está no Facebook' e é por isto mesmo que esta rede tem um valor enorme a ser explorado pelas empresas, que se o souberem fazer podem levar os seus negócios a um grande crescimento e tirar bastante retorno desta presença, cujos custos são relativamente baixos. A Publicidade no Facebook é uma das formas de levar a sua marca a todo este público, com a vantagem acrescida de que a utilização do Facebook é maioritariamente lúdica, o que faz com que os utilizadores estejam muito mais abertos e predispostos a serem abordados e interessarem-se por coisas novas.

Por outro lado, antes de entrarmos nas vantagens desta ferramenta há que ter em conta um ponto importante. A utilização do Facebook é gratuita, tanto para pessoas como para marcas e empresas. No entanto, para estas últimas, o Facebook tem limitado cada vez mais o seu impacto junto do público-alvo caso não haja um investimento em publicidade. Isto quer dizer que um Post que eu faça na página da minha marca apenas chegará a uma percentagem entre 4% e 15% da minha comunidade de fãs, ou seja, se eu tenho 1000 fãs da minha marca, o Facebook, na maior parte das vezes, só mostrará as minhas publicações a cerca de 100 pessoas. Para chegar ao restante, e a mais público ainda, será, normalmente, necessário investir em publicidade. Assim, aliada a uma boa criação de conteúdos e interação com a comunidade, acreditamos que é muito benéfica a aposta regular em, por exemplo, Post Patrocinados, para gradualmente chegar a mais pessoas e envolvê-las com a marca, conseguindo fazê-lo com um investimento relativamente baixo.

o Facebook tem limitado cada vez mais o seu impacto junto do público-alvo caso não haja um investimento em publicidade. Isto quer dizer que um Post que eu faça na página da minha marca apenas chegará a uma percentagem entre 4% e 15% da minha comunidade de fãs.

Posto isto, vamos às vantagens. A plataforma de anúncios Facebook Ads permite então a criação de campanhas de anúncios altamente segmentadas, definidas por critérios demográficos, por interesses, gostos e hábitos, visto que os utilizadores fornecem todos esses dados à própria rede e estes indicam-nos com grande rigor se serão ou não potenciais clientes da nossa marca. Desta feita, esta plataforma permite-nos campanhas muito eficazes pois, se bem configuradas e trabalhadas por alguém experiente, estas vão dirigir-se somente a pessoas verdadeiramente interessadas no que a nossa marca tem para oferecer, fazendo com que esta seja uma ferramenta de enorme retorno tendo em conta o investimento, isto dependendo do objetivo, claro.

(...) permite-nos campanhas muito eficazes pois, se bem configuradas e trabalhadas por alguém experiente, estas vão dirigir-se somente a pessoas verdadeiramente interessadas no que a nossa marca tem para oferecer.

A uma boa segmentação é fundamental aliar uma excelente mensagem, que saiba cativar a atenção e envolver o target para que este clique e queira saber mais sobre o que estamos a comunicar. Uma mensagem fraca vai condenar a campanha ao insucesso, por muito boa que seja a segmentação, já o contrário pode não ser verdade.

A nível de custos, estes podem considerar-se relativamente baixos tendo em conta o benefício, visto que estas campanhas asseguram que a nossa mensagem chega a muita gente e existem duas modalidades: CPC – custo por clique, em que o anunciante só paga por cada clique que os utilizadores fizerem no anúncio, ou seja, por cada pessoa que se mostre realmente interessada; ou CPM – custo por mil, em que o anunciante paga um determinado valor, normalmente muito baixo, por cada mil vezes que o seu anúncio é visto. A escolha entre um e outro modelo dependerá dos seus objetivos, assim como poderá definir a quantas pessoas pretende chegar e pagar o valor correspondente.

 (...) esta plataforma tem ainda a grande vantagem de nos dar, a qualquer instante e em tempo-real, os dados sobre como está a correr a campanha, (...) permitindo também assim que possamos a qualquer altura alterar e melhorar certos aspetos da campanha, de acordo com esses dados.

Por fim, esta plataforma tem ainda a grande vantagem de nos dar, a qualquer instante e em tempo-real, os dados sobre como está a correr a campanha, desde o número de pessoas que viu, que clicou, que se ligou depois à marca ou não, e muito mais informação, mostrando também sempre os custos que já tivemos até ao momento. Permite também assim que possamos a qualquer altura alterar e melhorar certos aspetos da campanha, de acordo com esses dados, para que esta vá continuamente apresentando melhores resultados.

Por todas estas razões, consideramos as campanhas de Facebook Ads como uma boa solução para conseguir resultados rápidos e a baixo custo. No entanto, estas necessitam de um profissional qualificado que as saiba gerir da forma mais eficiente e assim garantir maior retorno.

Contacte-nos e chegue rapida e eficazmente ao seu público-alvo.

artigos relacionados » ver todos